Ibitipoca, Minas Gerais, Brasil.

 

Localizada na Zona da Mata mineira, Conceição de Ibitipoca é um pequeno distrito da cidade de Lima Duarte, que fica a pouco mais de 60 km de Juiz de Fora. A região, que em tupi-guarani leva o nome de “casa de pedra” é repleta de grutas, que, antes da chegada dos bandeirantes no final do século XVII, serviam de moradia para os índios Aracis. Alguns estudiosos da língua também fazem referência à Ibitipoca com o significado de “serra que estala”, mencionando os comuns trovões no local em épocas de chuvas e tempestades.

 

A vila, que já chegou a ter mais de 5 mil habitantes por conta da procura por ouro, conta hoje com cerca de mil moradores e é um dos polos turísticos da Zona da Mata mineira, já que abriga o Parque Estadual de Ibitipoca. Sendo uma extensão da Serra da Mantiqueira, a área tem cerca de 1.488 hectares e preserva diversas espécies da fauna brasileira, como os macacos barbados, sauá, papagaio de peito roxo e o coati, além de algumas espécies atualmente ameaçadas de extinção, como o lobo guará, a onça parda e o guigó.

 

No local, a flora também é abundante e apresenta espécies como orquídeas, bromélias, candeias e samambaias. Entre os destaques, está uma das características mais marcantes do local, as “barbas de velho”, uma espécie de líquen que se prende aos galhos das árvores, proporcionando um efeito visual que mescla a cor marrom dos galhos com o tom verde água, típico deste fungo liquenizado.

 

No Parque Estadual de Ibitipoca, os principais atrativos ficam por conta das grutas, mirantes, piscinas naturais e cachoeiras, que promovem um visual deslumbrante para os visitantes que percorrem os caminhos da área preservada. O pico da Lambada, com 1.784 metros de altitude, proporciona um visual panorâmico inigualável das montanhas da região. Já a Janela do Céu, sempre presente no roteiro dos turistas, requer um pouco mais de disposição no decorrer dos mais de 6km de trilha, com pontos extremamente íngremes. Mas o esforço vale a pena. Lá de cima, além da queda d’água de 20 metros, é possível observar o mar de montanhas, a abundância do verde e, claro, desfrutar do contato direto com a natureza. 

Lima Duarte

 

Localizada a pouco mais de 27km de distância de Conceição de Ibitipoca, a cidade de Lima Duarte também entra na rota dos aventureiros, sendo muitas vezes ponto de passagem e hospedagem para os visitantes do vilarejo.

 

A região do município de Lima Duarte era, até meados do século XVII, uma área de mata virgem. Até que a partir de 1692 os primeiros bandeirantes começaram a chegar ao local, que cerca de dois anos depois já estava tomado pelos imigrantes colonizadores.

Banhada por diversos rios, entre eles o Rio do Peixe, que nasce na Serra da Mantiqueira, Lima Duarte conta com terreno predominantemente montanhoso e tem sua vegetação nativa como parte da Mata Atlântica.